terça-feira, 20 de julho de 2010

Os caminhos do bibliagindo


Vamos caminhando com a beleza do texto sagrado, companheiros nas estradas da vida, complicando e simplificando os caminhos. Proposta de amizade, em que a força do sagrado transformada em narrativa, permite múltiplas relações.

Aproximação confiante e desconfiante, quando o companheiro mostra as suas estranhezas, caminhar sutil entre arroubos de encantamentos e estremecer de pesares.

O texto bíblico é único enquanto sagrado, mas é texto como outro qualquer, em seu entretecer de linhas e entrelinhas.

Texto que escuto, pergunto, aceito, desconfio, discordo, percorro, discorro, e, acima de tudo, amo como um amigo mais velho, cheio de segredos e mistérios, para quem apelo em situações concretas, com quem deslizo pelas ladeiras que valem a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário