terça-feira, 20 de julho de 2010

O dizer de Deus criou a luz

Gênesis 1,1-4a



No princípio criou Deus os céus e a terra.

A terra, porém, era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas.

Disse Deus: Haja luz; e houve luz.

E viu Deus que a luz era boa.


No princípio Deus criou a alteridade, o espaço fora de si, sem forma, vazio e tenebroso, o envolveu com o seu hálito, o iluminou com sua palavra e se deslumbrou com sua beleza.

O caminho do dito ao visado é deslocamento da significação criativa ao sentimento estético. Deus criou o mundo para vê-lo e senti-lo, para encontrar o prazer de ser Deus.

Extremamente monótono é ser todo-poderoso sem o outro: saber sem discípulo, olhar sem objeto, amar sem amado.

O dizer de Deus criou a luz, o olhar e o coração de Deus se encheram de luz e o desejo de Deus e a beleza da luz caminharam de mãos dadas para o segundo dia.

3 comentários:

  1. Em meio a tantas violências ao texto bíblico que encontramos por aí... Bom é poder encontrar paz no livro sagrado... Assim como posso encontrar a partir de sua hermenêutica!!

    Ta vendo porque não consigo parar de te chamar de pastor?????????? rsss

    ResponderExcluir
  2. É bom ter você "por perto"!
    Abs,

    ResponderExcluir
  3. olá amigo, e bom compartilhar as experiências com Cristo.

    ResponderExcluir